SERVIÇOS ONLINE

Notícias

Ver notícia

O município de Sorriso foi contemplado com investimentos importantes no Sistema de Esgotamento Sanitário, que vai beneficiar diretamente os moradores do bairro Pinheiros III, zona oeste da cidade. A Águas de Sorriso, concessionária que administra a distribuição de água potável e tratamento de esgoto, iniciou neste mês de setembro uma importante obra na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Pinheiros.

A ação integra um pacote de melhorias que serão realizadas ainda este ano, um investimento de R$ 2,7 milhões, que prevê a estruturação de cinco ETEs existentes. A Pinheiros é a primeira, possui capacidade de tratamento de 14 mil litros de esgoto por hora, trabalho realizado diariamente em conformidade com os padrões exigidos pela legislação ambiental e que garante uma destinação correta dos efluentes, evitando a poluição dos rios, danos ao meio ambiente e, consequentemente, contribuindo com a saúde da população.

Essa primeira etapa da obra, prevista para ser concluída no final de outubro, período que iniciam as chuvas na região, contempla a troca de reatores que fazem o tratamento do esgoto, a implantação de um novo sistema preliminar, responsável por reter substâncias inorgânica e lixos que são jogados de forma indevida na rede de esgoto, e por fim, toda a infraestrutura civil será revitalizada e os antigos tanques serão retirados do local. Intervenções que também têm o objetivo de mitigar extravasamentos de esgoto nessa época do ano.

O coordenador da Águas de Sorriso, Lucas Alves, explica que o investimento vai trazer melhorias expressivas para o tratamento de esgoto do bairro.  “Vamos substituir 05 reatores que fazem o tratamento do esgoto por reatores novos, denominados de “RAFA” (Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente), construído para que seja formado uma manta bacteriológica concentrada em seu interior, melhorando a eficiência do tratamento . Também será realizada a implantação de um novo sistema preliminar com o objetivo de reter substâncias inorgânicas e lixos que são descartados de forma indevida na rede de esgoto. Desta forma evitamos que esses resíduos atinjam as bombas, principal causa de extravasamento nos bairros” declara.

Ainda segundo Lucas, a implantação de um Sistema de Tratamento de Biogás, utilizado para diminuição de odores, merece destaque. “Estes investimentos vão melhorar o tratamento do esgoto produzido e diminuir a emissão de odores nos bairros”, finaliza.

Tratamento de Biogás diminui emissão de odores nos bairros

Com a implantação do Sistema de Tratamento de Biogás, dispositivo de separação de gases e sólidos, o odor que é produzido naturalmente nas estações de tratamento em forma de gás sulfeto, será encaminhado por tubulações até um filtro contendo carvão ativado. Neste local, as substâncias são capturadas e transformadas em outras substâncias inodoras. Os sólidos por sua vez, voltam a base do reator, onde são aproveitados no tratamento do efluente.

Para mais informações acesse: www.aegeamt.com.br.

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Aegea MT e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Aegea MT é responsável pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto em 24 cidades do Mato Grosso.