SERVIÇOS ONLINE

Notícias

Ver notícia

Para preservar os recursos hídricos e seguirmos utilizando a água no futuro é necessário aplicar o consumo consciente de água e realizar práticas sustentáveis e que são fundamentais para manter esse bem tão precioso. O Instituto Trata Brasil apontou que cerca de 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água potável, um número bastante expressivo.

A Águas de Sorriso, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto em Sorriso, separou algumas dicas importantes para que os moradores aprendam a verificar o consumo de água de suas residências e, possam praticar o hábito do consumo consciente. Atualmente em Sorriso mais de 90 mil pessoas são atendidas com água tratada.

Toda vez que uma torneira ou chuveiro é aberto ou até mesmo a máquina é ligada, o hidrômetro da casa começa a registrar o volume de água utilizado na ação. O aparelho, também conhecido como relógio, mede o consumo do imóvel em tempo real e é um grande aliado na luta contra o desperdício.

É por meio da leitura do hidrômetro que é possível acompanhar o padrão de consumo mensal das residências. Caso o morador queira saber e até mesmo controlar quanto está sendo consumindo na residência, é possível acompanhar a medição que consta na última conta de água subtraindo a medição atual do seu hidrômetro, porém é importante que os moradores utilizem apenas os números pretos e desconsidere os demais, fazendo isso já é possível identificar a quantidade de água que foi consumida desde a última leitura, ou seja, desde quando sua fatura foi entregue.

O supervisor da Águas de Sorriso, Alessandro Silva, destaca que para fazer esse acompanhamento e medição é simples e rápido. “Os usuários podem fazer essa simples conta, considerando os números pretos do relógio, supondo que a leitura atual está em 0052 e a leitura anterior estava em 0042, significa que já se consumiu, desde o dia da última leitura (informação que consta nas contas), 10m³, ou seja, 10.000 litros de água”, pontuou.

Mudanças simples de hábitos são fundamentais para o futuro da água. Pensando nisso, a Águas de Sorriso separou algumas dicas importantes de como praticar o consumo consciente de água diariamente.

– Atenção a vazamentos nas residências: um vazamento de 2mm, desperdiça 96 mil litros de água por mês;

– Substituir mangueira pelo balde: Feche a mangueira! Quatro baldes de água já são suficientes para lavar seu carro. Se o objetivo é regar as plantas, há alternativas mais econômicas. Substituir a mangueira pelo regador gera economia de 96 litros de água em dez minutos.

– Sem pinga-pinga: uma torneira gotejando, desperdiça 40 litros de água por dia. Em uma semana, aqueles pingos que pareciam inofensivos já serão responsáveis por 280 litros de água jogados pelo ralo;

– Economia no banho: a redução de só 1 minuto do tempo de banho, ao fim de um ano terá ajudado a economizar 3.285 litros de água.

É importante que todos adotem hábitos de consumos conscientes e multipliquem as informações para modificar também a rotina de quem está próximo.

Para mais informações sobre os trabalhos, projetos e ações desenvolvidas pela concessionária, acesse www.aguasdesorriso.com.br. A empresa fica à disposição da população pelo atendimento 24h no número 0800 647 6060 (ligação de telefone fixo e celular), via WhatsApp pelo número (66) 99724-2963 e o aplicativo Águas APP.

Acompanhe nossas ações e curta a página da Águas de Sorriso no Facebook: https://www.facebook.com/aguasdesorrisomt/

 

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Aegea MT e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.