SERVIÇOS ONLINE

Notícias

Ver notícia

O lançamento indevido de água da chuva e materiais sólidos na rede de esgoto podem causar sérios problemas, como o entupimento e danos na rede coletora. No período chuvoso, aumentam as possibilidades de ocorrências de obstruções e extravasamentos do esgoto em vias públicas, além do risco de retorno para dentro dos imóveis.

Para manter o bom funcionamento do sistema, a Águas de Primavera intensificou neste mês de setembro em vários pontos da cidade os serviços de manutenção e limpeza das redes coletoras, poços de visita e nas estações elevatórias de esgoto. Esse trabalho acontece periodicamente e tem como objetivo retirar os resíduos sólidos da tubulação descartados indevidamente e que dificultam a passagem dos esgotos domiciliares.

Para realizar os trabalhos, a empresa utiliza equipamentos especializados como os caminhões hidrojato, que realizam os serviços de sucção de gorduras e detritos acumulados e possuem um sistema de jatos de água, movidos sob alta pressão, exercida de forma controlada para desobstruir tubulações e canos que estejam entupidos por resíduos ou dejetos. O procedimento é seguro e não oferece nenhum risco para o encanamento e ao meio ambiente.

Segundo o coordenador regional da Águas de Primavera, Sérgio Campos, é comum encontrar materiais sólidos no sistema de gradeamento das elevatórias de esgoto (utilizada para a retenção dos resíduos lançados indevidamente na rede de esgoto), por isso, a limpeza é importante para garantir a eficiência dos equipamentos ao eliminar o excesso de resíduos. “Os detritos que vão parar nas elevatórias, muitas vezes, são causados pelo mau uso do sistema de coleta e tratamento de esgoto da cidade”.

Ele lembra ainda que as redes coletoras foram projetadas para receber apenas o esgoto doméstico. A rede de esgoto e de águas provenientes de chuvas têm dimensões e destinos diferentes. “O material coletado na rede de esgoto é encaminhado à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e a água coletada nas galerias pluviais é destinada aos córregos da cidade. Caso a rede de águas pluviais seja ligada à de esgoto, pode haver sobrecarga no volume do material coletado e provocar a obstrução da tubulação”, destaca o coordenador.

USO CORRETO DA REDE DE ESGOTO

O gerente de operações da Águas de Primavera, Rodrigo Silva, reforça que a empresa tem se empenhado para monitorar e atuar em todas as ocorrências, além de realizar constantemente, campanhas de conscientização para mudar esse cenário. Porém, a colaboração da população é importante para garantir o bom funcionamento da rede de esgoto.

“No dia a dia, é comum as equipes responsáveis pela manutenção retirarem das tubulações resíduos como plásticos, madeira, entulhos de construção, latas, papelão, óleos de fritura e restos de comida. Esses materiais devem ter destinos adequados e não podem ser lançados na rede de esgoto. O uso correto da rede coletora ajuda a proteger a saúde e o bem-estar da população, além de contribuir para a conservação do meio ambiente”, afirma.

Segundo ele, outro grande problema é o descarte irregular de resíduos de cozinha, como restos de comida e, principalmente, óleo e gordura, tanto em residências, como em estabelecimentos comerciais, bares, restaurantes e lanchonetes. “Um item indispensável nos imóveis é a caixa de gordura, que retém os resíduos descartados de pias e ralos, evitando que escoem livremente pela rede de esgoto”, orienta o gerente de operações.

LIGAÇÕES IRREGULARES

Para identificar a prática de ligações irregulares de esgoto e de águas das chuvas na rede, que são prejudiciais para o meio ambiente e a saúde da população, a concessionária realiza os trabalhos de vistoria no município com a tecnologia de um equipamento de insuflador de fumaça.

Uma fumaça é colocada em um poço de visita (PV) – local de acesso às tubulações da rede de esgoto – e, percorre o caminho inverso ao do esgoto, mostrando os pontos onde acontecem lançamentos indevidos. Os materiais utilizados são atóxicos e inodoros, não produzindo gases nocivos ou explosivos.

As residências que lançam na rede de esgoto a água de chuva coletada na calha são notificadas e orientadas para utilizar a drenagem. “Para verificar se as instalações de sua residência estão corretas, basta jogar um pouco de corante no ralo do quintal de seu imóvel. Se a água colorida chegar até a sarjeta “meio-fio”, significa que a ligação está correta. Para regularizar as instalações é preciso contatar o serviço de um pedreiro de sua confiança”, informa o gerente de operações.

CANAIS DE ATENDIMENTO

Em casos de obstruções ou denúncias de uso irregular da rede de esgoto, a população deve acionar a Águas de Primavera por meio dos seguintes canais: atendimento no 0800 647 6060 (Call Center e WhatsApp) e aplicativo Águas App, disponível para download gratuito nos sistemas Android e iOS, além dos Serviços Online, que pode ser acessado no site www.aegeamt.com.br

Acompanhe nossas ações e curta a página da Águas de Primavera no Facebook: https://www.facebook.com/aguasdeprimavera/

Compartilhar:

Veja Também

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Aegea MT e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Revista Aegea Saiba mais
Revista Aegea

Faça o download da Revista Aegea e fique por dentro das novidades que acontecem na empresa.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Aegea MT trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas cidades onde atua.